PROGRAMA DE MELHORAMENTO DA RAÇA CARACU
Edição 2016
Parceria ABCC / Geneplus - Embrapa / IAPAR

 
  O Programa
  Como Obter
  Introdução
  Dados Analisados
  Metodologia
  Resultados
  Conceitos Gerais
  Ref. Bibliográficas
  Agradecimento
  Equipe
  Fale Conosco
  Outros Sumários

 

 

METODOLOGIA

 

Para a composição e análise crítica das amostras, utilizou-se o SAS - Statistical Analysis System (SAS Institute, 2001).

As análises propriamente ditas, utilizaram a Metodologia de Modelos Mistos (Henderson, 1953), sendo adotado o Modelo Animal, considerando características múltiplas. As estimativas dos componentes de variância foram obtidas por meio do software REMLF90 (Misztal, 2005). O software que possibilitou a obtenção das predições das diferenças esperadas nas progênies (DEPs), foi gentilmente desenvolvido e disponibilizado à equipe pelo Professor Dr. Lawrence R. Schaeffer (University of Guelph, Canada), considerando os efeitos diretos e maternos.

As características consideradas neste sumário foram os pesos à fase materna (120 dias), à desmama (240 dias) e ao sobreano (480 dias), o ganho pós-desmama e o perímetro escrotal ao sobreano, sendo para estas, preditas as DEPs diretas e maternas, tendo como base genética a média da população trabalhada.

Foi utilizado nestas análises o modelo animal completo, considerando-se a matriz de parentesco entre os animais e incluindo-se os efeitos genéticos, aditivo direto e aditivo materno e de ambiente permanente e os efeitos fixos de grupo contemporâneo e de idade da vaca.

Considerou-se ainda, como covariáveis, a idade do animal na data da medida e a consanguinidade. Para a formação dos grupos contemporâneos foram considerados os efeitos de sexo, ano e época de nascimento da progênie e da fazenda na qual foi criada.